Cidade Alerta Pai e madrasta são condenados pela morte do menino Bernardo

Pai e madrasta são condenados pela morte do menino Bernardo

Leandro Boldrini foi condenado a 33 anos e oito meses de prisão pela morte do filho, Bernardo Boldrini. A madrasta da criança também recebeu pena de prisão. A amiga do casal Edelvânia Wirganovicz e irmão dela, Evandro Wirganovicz, também devem ser sentenciados. O julgamento durou quatro dias. A criança desapareceu no dia 4 de abril de 2014, na cidade de Três Passos (RS), e seu corpo foi encontrado dez dias depois perto de um riacho. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse PlayPlus.com.