Notícias

Australiano provocador promete quebrar recorde de Cielo na Olimpíada

James Magnussen pretende nadar abaixo dos 46s91 nos 100 m livre em Londres

  • -A
  • +A

Após surpreender no Mundial de Xangai, Magnussen sonha com conquistas ainda maiores (Foto: Getty Images)

Do R7

Ainda faltam 164 dias para o início da Olimpíada de Londres, mas a guerra psicológica entre os atletas já está intensa. Campeão mundial dos 100 m livre no ano passado, o australiano James Magnussen mandou um recado para Cesar Cielo: pretende quebrar o recorde mundial do brasileiro durante os Jogos.

Conhecido como “Míssil” em sua terra-natal, Magnussen tem mostrado um estilo provocador: após vencer o Campeonato estadual de South Australia, no começo do mês, ele disse que o tempo estabelecido na prova (48s05, considerado excepcional para um início de temporada) era um recado para os rivais.

Quiz: o que você sabe sobre Cesar Cielo?

Agora, em entrevista ao jornal “The Sidney Morning Herald”, ele admitiu que sua confiança foi um pouco excessiva à época. Porém, novamente não segurou a língua...

- Se você me perguntasse após essa competição se eu quebraria o recorde de Cielo antes da Olimpíada, eu diria que “com certeza”. Porém, esta semana eu reavaliei um pouco. Vai depender se vou aliviar um pouco a carga de treinamento e se vou me poupar para a Olimpíada. Até lá, acho que eu ficaria feliz em conseguir um tempo próximo, para assim quebrar o recorde dele nos Jogos.

Magnussen, na verdade, é o dono da melhor marca do mundo nos 100 m livre, quando não se consideram as marcas estabelecidas com a ajuda dos maiôs tecnológicos, proibidos desde o início de 2010: 47s49. Recordista mundial desde julho de 2009 com 46s91, Cielo, por sua vez, é o segundo mais rápido da história sem os maiôs: 47s84.

Natação brasileira tenta transformar bons resultados dos 50 m em medalhas nos 100 m

A Rede Record mostrará a Olimpíada de Londres 2012 com exclusividade na TV aberta brasileira, e também pela internet, por meio do R7. A Record detém ainda os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 e da Olimpíada do Rio de Janeiro 2016.

Quadro de Medalhas

Últimas Notícias

Agora na Record

Facebook