Notícias

EUA massacram Nigéria e superam recorde do Brasil no basquete masculino

Seleção norte-americana humilhou nigerianos por 156 a 73

  • -A
  • +A

EUA comemoram o recorde olímpico quebrado em noite histórica. Foto: MARK RALSTON / AFP

Do R7

Se não tem nenhuma medalha de ouro na história do basquete nos Jogos Olímpicos, o Brasil poderia se orgulhar de ter sido o que mais pontuou em um jogo. Porém, não detém mais tal marca. Nesta quinta-feira (2), a impressionante seleção norte-americana superou a marca brasileira ao massacrar a Nigéria por 156 x 73.

Em 1988, a seleção comandada por Oscar havia vencido o Egito por 138 a 85, tendo sido a equipe que mais pontos marcou em uma partida.

Agora, o recorde vai para a brilhante geração norte-americana de Kobe Bryant e LeBron James. Por sinal, o primeiro, antes de as Olimpíadas começarem, havia causado polêmica ao dizer que o atual time é o maior da história, superando o Dream Team ouro em 1992.

Brasil perde da Rússia com cesta no fim

EUA encostam na China no quadro de medalhas

Nesta noite, o cestinha da partida foi Carmelo Anthony, com 37 pontos. Ao menos, o jogador não conseguiu quebrar outro recorde brasileiro: em 1988, em duelo contra a Espanha, Oscar havia anotado 55 pontos em um jogo. O Mão Santa também é o maior cestinha da história dos Jogos Olímpicos.

Leia o blog de Oscar no R7

Antes desta noite perfeita, Os Estados Unidos, líderes do Grupo A com seis pontos, já haviam vencido os franceses por 27 pontos de diferença e a Tunísia por 47 de vantagem.

Para se ter ideia, somente no primeiro quarto os Estados Unidos fizeram 49 pontos, contra 28 da Nigéria. As seleções foram para o intervalo com o placar apontando 78 a 45.

Leia mais sobre os Jogos Olímpicos

Acompanhe a página de esportes do R7

No segundo tempo, nada mudou. A gana por fazer mais pontos permaneceu entre os norte-americanos, que encerraram o terceiro quarto triunfando por 119 a 62 e fecharam o massacre por  156 a 73.

Na próxima rodada, os Estados Unidos enfrentarão a Lituânia, no sábado (4), às 10h30. A equipe encerra sua participação na primeira fase na segunda-feira (6), em confronto contra a Argentina.

A Nigéria, com a derrota, fica em situação complicada para passar às quartas de final. Em quinto lugar, ainda enfrentará Argentina, no sábado (4), e a Lituânia, na segunda-feira (6). As quatro primeiras seleções de cada chave se classificam.

O R7 transmite os Jogos Olímpicos de Londres em cinco canais exclusivos, 24 horas. E durante os Jogos, além da transmissão ao vivo e com sinais exclusivos, você encontra no portal os vídeos de todos os melhores momentos da maior disputa esportiva do mundo. Até o dia 12 de agosto, Olimpíada é no R7, Record e Record News, os canais oficiais de Londres.