Notícias

Ucraniana fatura ouro na esgrima em disputa tumultuada

  • -A
  • +A
Agência Estado

A definição das medalhas na esgrima, na categoria espada, foi marcada por uma disputa tumultuada entre as mulheres nesta segunda-feira. Os juízes tiveram suas decisões questionadas na semifinal e na decisão da medalha de ouro, que acabou ficando com a ucraniana Yana Shemyakina.

Na semifinal, a sul-coreana Shin A-lam contestou o ponto final, que desempatou o confronto com a alemã Britta Heidemann. Para evitar qualquer risco de desclassificação, Shin A-lam permaneceu sentada na área de combate durante uma hora até que os juízes analisassem seu pedido de recurso.

Chorando copiosamente, a sul-coreana acabou conquistando a simpatia da maior parte dos 8 mil espectadores presentes nas arquibancadas. O apoio do público, porém, não afetou a decisão dos juízes, que mantiveram a vitória da rival.

Fora da decisão, restou à Shin A-lam brigar pelo bronze. Mas, mesmo com o apoio maciço dos espectadores, ela foi derrotada pela chinesa Sun Yujie, por 15 a 11, e deixou a competição sem medalhas.

A final da espada também foi tumultuada. A disputa chamou a atenção nos últimos momentos, quando os juízes estenderam o confronto para levar ao desempate. Mesmo com o cronômetro faltando apenas um segundo, Shemyakina e Heidemann disputaram o ponto final por três vezes. A ucraniana levou a melhor na terceira tentativa e venceu por 9 a 8.