Vitória Bruno Ferrari revela como se preparou para interpretar um paraplégico em Vitória

Bruno Ferrari revela como se preparou para interpretar um paraplégico em Vitória

Protagonista diz que não pretende fazer da deficiência o diferencial de seu personagem

Bruno Ferrari revela como se preparou para interpretar um paraplégico em Vitória

Bruno contou com a ajuda de uma fisioterapeuta especializada

Bruno contou com a ajuda de uma fisioterapeuta especializada

Munir Chatack/Rede Record

A nova novela da Record, Vitória, estreia no dia 2 de junho e promete intensas emoções aos fãs de teledramaturgia. Bruno Ferrari vai protagonizar a trama escrita por Cristianne Fridman e dirigida por Edgard Miranda.

Durante coletiva de imprensa, realizada na manhã da última quarta-feira (21), no Salão Nobre do Jockey Club do Rio de Janeiro, Bruno apresentou o contexto de seu personagem, Artur. Aos 12 anos, o jovem sofreu um acidente a cavalo e acabou ficando paraplégico.

— O pai se sente muito culpado por ter dado o cavalo de presente ao garoto, e o abandona quando ele fica paraplégico. É aí que começa a desenvolver toda a história, em cima da sede de vingança do Artur.

Para dar vida ao personagem cadeirante, Bruno contou, durante aproximadamente dois meses,  com a ajuda de uma fisioterapeuta especializada no tratamento de cadeirantes. Mesmo com o grande desafio de vivenciar a difícil rotina de um paraplégico, o ator diz que não pretende fazer da deficiência o diferencial de seu personagem.

— Como ele já está há quase vinte anos na cadeira, a minha ideia, enquanto ator - e tomara que eu consiga passar isso - é que essa cadeira não exista. Que o público olhe primeiro o personagem e depois a cadeira. A ideia é essa, afinal, ele tem uma vida normal, pode transar, pode casar, pode ter filhos, pode ter uma vida feliz.

    Access log