Cedae pode ter que indenizar consumidores em R$ 560 milhões 

A Defensoria e o Ministério Público do Rio entraram com uma ação para bloquear R$ 560 milhões das contas da Cedae. O objetivo é fazer com que a companhia indenize os consumidores pela qualidade da água oferecida. Segundo promotores, todas as tentativas de acordo com a Cedae foram esgotadas e, por isso, entraram na Justiça. A proposta apresentada pela companhia de água foi a de indenizar em R$ 1,25 cada consumidor, de acordo com o defensor público do caso. Defensoria e Ministério Público consideraram o valor ineficiente.