Ex-servidora tenta auxílio emergencial, mas benefício é negado de forma irregular

A ex-servidora do município de São João de Meriti, Roberta Lima, realizou o pedido do auxílio emergencial, mas teve o benefício negado após o sistema declarar que ela continua empregada. Roberta afirma que está desempregada há mais de um ano e que conta com a ajuda da família para sustentar a casa em que mora.