Polícia prende suspeito de ser o braço direito de chefe da milícia do Rio 

A Polícia Civil prendeu um homem acusado de ser o braço direito de Ecko, chefe de uma das maiores milícias do Rio. O suspeito foi encontrado em Paciência, na zona oeste. Segundo os agentes, a casa onde o criminoso morava era uma espécie de bunker.