Balanço Geral Manhã "Ficou muito ferida", relata advogada de mulher agredida por policiais

"Ficou muito ferida", relata advogada de mulher agredida por policiais

Testemunhas gravaram o momento em que ela foi cercada e levou vários socos de um dos agentes

A vítima ficou com diversos ferimentos no rosto, nos olhos
, na orelha e nas costas

A vítima ficou com diversos ferimentos no rosto, nos olhos , na orelha e nas costas

Reprodução/RECORD

O Balanço Geral Manhã traz detalhes do caso de uma mulher brutalmente agredida por policiais após ser cercada em um bar, em Pernambuco. A confusão teria começado quando os agentes chegaram no estabelecimento onde ela estava, determinando que o local fosse fechado.

Imagens registradas por populares mostraram a mulher sendo agredida com vários socos e pontapés.

A vítima estava com vários ferimentos nos olhos, no rosto, no couro cabeludo, na orelha e nas costas. "Ela ficou muito ferida, fez os exames na cabeça e teve três costelas lesionadas", contou Jessicarmem Araujo, advogada da mulher.

O caso foi registrado na Corregedoria da Secretaria de Defesa Social e, segundo a defesa, há cinco policiais envolvidos na ocorrência, sendo quatro homens e uma mulher, que já teriam sido afastados das funções.

A advogada informou que a Comissão de Direitos Humanos da OAB e o Ministério Público de Pernambuco foram acionados para dar apoio nas investigações. A vítima pretende acionar o Estado na Justiça por danos morais.

A Polícia Civil ainda investiga o caso. No dia do fato, a mulher foi levada à delegacia e autuada por desacato. Apesar disso, sua advogada alegou que a violência praticada contra a cliente foi desproporcional, uma vez que ela não esboçou reação no momento da abordagem.

Além de todas as sequelas físicas, a vítima está psicologicamente abalada.

Assista ao vídeo completo:

O Balanço Geral Manhã vai ao ar de segunda a sexta, a partir das 5h, na tela da RECORD.

Últimas