Acusado de dar "golpe do amor" nas redes sociais responderá em liberdade

Márcio Esquezaro, de 42 anos, usava redes sociais e sites de relacionamento para seduzir e aplicar golpes em mulheres. O acusado foi encontrado pela polícia e, na delegacia, confessou os crimes. No entanto, Márcio vai responder às acusações em liberdade.