Guarda civil morto após agressão será enterrado nesta sexta (17) em Santo André (SP)

Será enterrado nesta sexta-feira (17) o guarda civil que morreu ao ser agredido durante uma abordagem a um grupo que fumava narguilé dentro de um parque em Santo André, no ABC Paulista. Segundo os familiares, Benedito Manoel da Silva, de 56 anos, não tinha nenhum problema de saúde e não tomava remédios para o coração. O que corrobora a versão de que ele morreu decorrente das agressões. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com