Homem se autodeclara supremacista e bate em garçonete nos EUA

Um homem entrou em um restaurante se autodeclarando supremacista branco e, ao tentar ser impedido por uma garçonete, deu um tapa no rosto da funcionária. Imediatamente, outros funcionários interviram e o agressor acabou preso.