Balanço Geral Manhã Ministério Público de SP investiga "guru da meditação" por novos crimes

Ministério Público de SP investiga "guru da meditação" por novos crimes

Tadashi Kadamoto já havia se tornado réu por estupro de vulnerável e lesão corporal grave. O Ministério Público de São Paulo recebeu novas denúncias de ex-pacientes e ex-alunas do terapeuta. Agora, o "guru da meditação" será investigado pelos crimes de violação sexual mediante fraude e associação criminosa.

Últimas