Motorista de aplicativo come lanche gourmet e entrega "dogão" mais barato para cliente

Ian Cury é motorista de aplicativo no Rio de Janeiro e foi acusado de comer um cachorro quente que deveria entregar à cliente e substituir o lanche por outro de qualidade inferiror. O caso viralizou nas redes sociais e, desde então, a irmã do motorista também o denunciou por violência doméstica.