Balanço Geral RJ Comerciantes estão preocupados com o superferiadão

Comerciantes estão preocupados com o superferiadão

A partir de sexta (26), apenas os serviços essenciais irão funcionar durante dez dias

Os comerciantes estão preocupados com a paralisação do comércio durante os dez dias do “superferiado”, a partir de sexta (26), proposto pelo governador em exercício Cláudio Castro. A ação tem o objetivo de reduzir a circulação de pessoas nas cidades do Estado com apenas o funcionamento de serviços essenciais. O empresário Manoel Veiga, dono de uma barbearia na Taquara, na zona oeste do Rio, relatou o impacto financeiro, já que o estabelecimento é a única fonte de renda.

Últimas