Condomínios no Rio mudam rotina de funcionamento para evitar contaminação pelo coronavírus

Os condomínios no Rio tiveram que passar por mudanças no funcionamento para evitar a disseminação do coronavírus nos ambientes. Em alguns locais, já foram interditadas áreas públicas, como academias e parques, além da atenção redobrada na limpeza e limite no uso dos elevadores. A ABADI (Associação Brasileira das Administradora de Imóveis) preparou orientações para os condomínios, que incluem álcool em gel em locais estratégicos e afastamento imediato de funcionários que apresentarem sintomas da Covid-19.