Coronel diz que fatores ambientais irregulares de empresas podem ter afetado ETA Guandu 

A Seas (Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade) realizou, nesta quinta-feira (6), uma operação contra indústrias poluidoras. A operação contou com o apoio do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) e o Comando de Polícia Ambiental. Segundo o Coronel Fábio Pinho, da especializada em combate a crimes ambientais, irregularidades ambientais em empresas podem ter afetado estação de tratamento do Guandu.