Delegada diz que ainda há uma mulher a ser presa em caso de morte de modelo em 2018

Duas mulheres que estão envolvidas na morte de uma modelo durante um procedimento estético, foram presas, nesta quinta-feira (6), por agentes da 76ª DP (Centro de Niterói). O crime ocorreu em 2018 e segundo a delegada responsável pelas investigações, Raíssa Celles, elas devem responder homicídio duplamente qualificado, associação criminosa e exercício ilegal da medicina. A delegada ainda disse que há mais uma mulher a ser presa.