Dois suspeitos são presos em operação que investiga atentado contra Shana Garcia

Uma operação cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços de 11 pessoas suspeitas de participação no atentado contra Shana Garcia, filha do bicheiro Maninho. Dois ex-policiais foram presos na ação por porte ilegal de arma. O crime aconteceu em outubro de 2019.