Balanço Geral RJ Família de mulher morta acusa Hospital Municipal Rocha Faria de negligência  

Família de mulher morta acusa Hospital Municipal Rocha Faria de negligência  

Segundo parentes, Rosane Oliveira deu entrada na unidade com enfisema pulmonar e foi vítima de erros médicos

A família de uma mulher de 58 anos que morreu no Hospital Municipal Rocha Faria, em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, acusa a unidade de negligência. Segundo parentes, Rosane Oliveira deu entrada no hospital com um quadro de enfisema pulmonar e foi vítima de erros médicos. A direção da unidade afirmou que a paciente recebeu o cuidado necessário e que as queixas da família estão sendo apuradas.

Últimas