Justiça do RJ concede liberdade condicional a PM condenado por morte de Amarildo

A Justiça do Rio de Janeiro concedeu liberdade condicional ao major da Polícia Militar Edson dos Santos, condenado pela morte do pedreiro Amarildo Dias de Souza, morto em 2013, na Rocinha, zona sul do Rio de Janeiro. Preso há seis anos, Edson ainda costa no quadro da Polícia Militar e recebeu em dezembro mais de R$ 23 mil.