Lanchonete com mulher refém é isolada por agentes do Tijuca Presente

O major da Polícia Militar Raphael Batista informou que a lanchonete onde uma mulher é feita refém na Tijuca, na zona norte do Rio, foi cercada por agentes do programa Tijuca Presente. O Bope (Batalhão de Operações Especiais) também foi acionado.