Balanço Geral RJ Mulheres com direito a prisão domiciliar continuam em cadeias

Mulheres com direito a prisão domiciliar continuam em cadeias

Relatório da Defensoria Pública relata que uma a cada quatro presidiárias deveria estar cumprindo pena em casa

O perfil das mulheres que estão presas no Rio de Janeiro revelam as dificuldades do acesso à Justiça. A cozinheira Cláudia Regina Rufino Luz luta pelo direito constitucional de cumprir a prisão em casa quando se tem filhos menores de 12 anos. Segundo relatório Defensoria Pública, uma a cada quatro mulheres permanece presa mesmo possuindo requisitos para soltura.

 

Últimas