Balanço Geral RJ Perito diz acreditar que grávida morta tenha sido submetida a aborto em clínica clandestina

Perito diz acreditar que grávida morta tenha sido submetida a aborto em clínica clandestina

Para especialista Nelson Massini, bebê não localizado no ventre da jovem também deve estar morto

O perito de medicina legal da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) Nelson Massini disse acreditar que a jovem grávida Thaysa Campos, encontrada morta no ano passado, foi submetida a um procedimento de aborto mal sucedido em uma clínica clandestina. Segundo o especialista, é possível que a criança, que não foi localizada no ventre de Thaysa, também esteja morta. O pai da bebê seria casado e, por essa razão, a paternidade seria indesejada.

Últimas