Balanço Geral RJ Polícia interdita fábrica que vendia produtos adulterados a hospitais

Polícia interdita fábrica que vendia produtos adulterados a hospitais

Empresa clandestina misturava água nos componentes químicos de limpeza

A Polícia Civil interditou uma fábrica clandestina que vendia produtos de limpeza adulterados para hospitais. Os materiais eram misturados com água e vendidos com documentação falsa. O Hospital Universitário Pedro Ernesto, na zona norte do Rio de Janeiro, está entre os afetados. A investigação busca outros locais que receberam os produtos irregulares.

Últimas