Quadrilha era informada de encomendas e sequestros por aplicativo celular

Novos áudios e conversas revelam como agia uma quadrilha que sequestrava e roubava motoristas de aplicativo, após investigação da 50ªDP (Itaguaí). As vítimas eram levadas para um cativeiro na mata e os criminosos negociavam o veículo por valor de R$500 a R$1000.