Balanço Geral RJ 'Vou continuar minha vida', diz lanterneiro preso injustamente

'Vou continuar minha vida', diz lanterneiro preso injustamente

André Santos foi detido suspeito de assalto a um bar na Baixada Fluminense após comparação fotográfica

O lanterneiro André Santos de Melo, de 47 anos, preso injustamente por suspeita de envolvimento em um assalto em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foi solto na última terça-feira (2). Em entrevista à Record TV Rio, André contou que o apoio da família foi fundamental para que ele fosse solto após passar quatro dias na prisão, sem contato com ninguém.

Últimas