Balanço Geral Casal de idosos encontra filha morta na calçada de casa

Casal de idosos encontra filha morta na calçada de casa

O único e principal suspeito foi visto deixando o corpo no local, e enviou áudio revelador após cometer o crime; entenda o caso

Resumindo a Notícia
  • Um casal se deparou com um corpo na calçada de sua casa;

  • Ao chamar as autoridades, foi descoberto que se tratava da sua filha;

  • Um home foi visto deixando o corpo no local;

  • O irmão da vítima revelou detalhes surpreendentes sobre o caso.

O motivo do assassinato ainda é incerto

O motivo do assassinato ainda é incerto

Reprodução/RECORD

O Balanço Geral acompanha um caso que chocou o Rio Grande do Sul, e traumatizou um casal de idosos, que se deparou com uma das cenas mais perturbadoras possíveis. 

Uma calçada na cidade de Montenegro foi palco de um filme de terror para dois aposentados, que encontraram um corpo desovado, enrolado em um cobertor, na frente da própria casa. 

Ao chamarem as autoridades, a situação ficou ainda pior. Foi descoberto que a vítima se tratava da filha dos idosos. Débora Rodrigues, de 30 anos, foi assassinada e deixada na frente da casa dos próprios pais. 

A mulher era personal trainer, e dava dicas de exercícios físicos nas redes sociais. Ela era casada com Alexsandro Alves, de 48 anos, que também trabalhava no mundo fitness, e foi visto deixando o corpo da ex-esposa no local. Se tornando, assim, o único e principal suspeito do crime.

Alexsandro chegou a enviar uma mensagem de voz reveladora para um amigo, e o Balanço Geral teve acesos ao áudio. 

Ele disse que precisa resolver um assunto, e pede perdão pelo que vai fazer. Além disso, pediu para o amigo enviar o áudio para as suas filhas. "Amo muito elas, sempre amei", desabafou o assassino. 

Falou, também, sobre o seu irmão, Lucas: "Considero e admiro". Por fim, relembrou um acordo misterioso com o parente, intrigando as autoridades: "É para ele fazer o que a gente combinou".

Segundo informações da polícia, Alexsandro matou Débora asfixiada, na madrugada do último sábado (27). Logo depois, ele dirigiu de Triunfo (RS), até a cidade onde fica a casa dos sogros, onde largou o corpo da mulher. 

Ainda em choque, a família da vítima enfrenta dificuldades para aceitar o que aconteceu. Alex Michels, irmão de Débora, conversou com a equipe da RECORD

Ele contou que, apesar dos comportamentos agressivos que o genro tinha, nunca houve relatos de violência entre o casal. 

Pouco antes de ser morta, a vítima tinha decidido dar fim aos seus doze anos de casamento, e se separar de Alexsandro. "Ele estava aceitando", revelou o irmão de Débora sobre o, agora, ex-marido dela. 

Depois de tudo, o suspeito se apresentou em uma delegacia, e foi apreendido. Agora, seu julgamento está em andamento, e a polícia segue nas investigações do crime. 

Confira na íntegra:

Acompanhe atualizações de casos intrigantes como esse no Balanço Geral. O programa vai ao ar de segunda a sexta, às 11h50; e aos sábados, às 13h, na RECORD.

Últimas