Balanço Geral Homem se irrita com cobrança de dívida e manda matar o próprio amigo

Homem se irrita com cobrança de dívida e manda matar o próprio amigo

Luciano devia R$ 18 mil à vítima, que está internada em estado grave; acompanhe o caso

Resumindo a Notícia
  • Luciano devia R$ 18 mil a Alex e não estava disposto a pagar o valor

  • O homem decidiu contratar um assassino por R$ 2 mil para matar o amigo

  • Criminosos simularam um assalto para não deixar rastros, então sequestraram e esfaquearam a vítima

  • Alex está internado em estado grave com ferimentos no tórax, abdômen e pescoço

Luciano pagaria R$ 2 mil pelo assassinato da vítima

Luciano pagaria R$ 2 mil pelo assassinato da vítima

Reprodução/Record TV

O Balanço Geral acompanha o caso do motorista de aplicativo Alex, que foi sequestrado e esfaqueado em Cotia (SP) a mando de um amigo.

Luciano decidiu planejar a morte de Alex porque estava devendo R$ 18 mil ao amigo e recebendo cobranças por isso. Irritado e indisposto a pagar o valor, ele decidiu contratar Vando, a quem pagaria R$ 2 mil pelo assassinato.

Visando não deixar rastros, os dois decidiram simular um assalto. No dia do crime, Luciano e Alex passaram com o carro em um local previamente combinado com o executor. ''Ele bateu bastante na vítima e no mandante também, mas tudo para simular'', explicou o delegado Adair Marques.

O motorista de aplicativo foi mantido refém dentro do próprio carro. Imagens das câmeras de segurança exibem o passo a passo. O veículo acessa uma estrada de terra e, pouco tempo depois, Alex sai ferido em busca de ajuda no meio da pista.

A vítima pediu ajuda para vários carros, até que caiu. Testemunhas acionaram o resgate. Alex está internado em estado grave com ferimentos no tórax, abdômen e pescoço.

Luciano e Vando foram localizados no interior de São Paulo e presos.

O Balanço Geral vai ao ar de segunda a sexta, às 11h50; e aos sábados, 13h, na tela da Record TV.

Acompanhe o caso: 

Últimas