Balanço Geral Jovem acumula dívida de R$ 90 mil e seu pai acaba pagando com a vida 

Jovem acumula dívida de R$ 90 mil e seu pai acaba pagando com a vida 

Negligência e violência foram responsáveis pela morte do idoso sequestrado na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo; entenda

Resumindo a Notícia
  • O homem criou uma dívida de quase R$ 90 mil;

  • Ele nunca levou a sério as cobranças do pagamento;

  • Seus pais foram surpreendidos com uma cobrança agressiva em sua própria casa;

  • O idoso foi sequestrado e o filho tentou quitar a dívida, mas já era tarde demais.

O idoso não teve nem chance de se defender

O idoso não teve nem chance de se defender

Reprodução/RECORD

O Balanço Geral acompanha um caso onde um pai sofreu consequências diretas das atitudes do filho. Devido à negligência misturada com violência, uma família foi destruída na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo. 

No comércio onde trabalhava, um jovem acumulou uma dívida de quase R$ 90 mil. Ao começar a ser cobrado, o homem não levou o pagamento a sério. Em seguida, ele recebeu uma ameaça, que envolvia perigo aos seus familiares, caso o débito não fosse quitado. 

Por, mais uma vez, não considerar os avisos, criminosos foram, de fato, atrás da família do jovem. Sem nem se quer saber da situação financeira do filho, seu pai acabou pagando com a vida. 

O porteiro Virgílio, de 63 anos, estava em casa com a esposa quando recebeu uma visita inesperada. Dois homens alegavam ser entregadores de uma encomenda para o seu filho. Ao atender a porta, o idoso foi arrastado à força para um carro. 

A mulher, sem entender o que se passava, ainda tentou conversar com os bandidos para convencê-los a não levar seu marido, já que ele não tinha ligação direta com o débito, o que não adiantou.

Logo em seguida, a idosa avisou ao seu filho sobre o sequestro, que entrou em desespero. O jovem se prontificou em conseguir o dinheiro de forma imediata, e ainda pagou parte da dívida naquele momento, mas já era tarde demais. 

Cerca de 40 minutos depois do ser levado, o idoso foi morto pelos criminosos. Após o assassinato, o corpo foi abandonado. 

Agora, a polícia conseguiu prender duas pessoas que tiveram participação no crime: um homem de 38 anos, e uma mulher, de 56. Os suspeitos foram ouvidos na delegacia local, e o inquérito continua em aberto. 

Isso porque outras pessoas podem estar envolvidas. Além disso, novas testemunhas serão ouvidas. 

Confira na íntegra:

Fique ligado no Balanço Geral para mais casos como esse. O programa vai ao ar de segunda a sexta, às 11h50; e aos sábados, às 13h, na RECORD.

Últimas