Balanço Geral Reviravolta no caso Suede: boletim médico muda rumo de investigação 

Reviravolta no caso Suede: boletim médico muda rumo de investigação 

Modelo pode ter sido ferido por uma arma branca antes da queda; entenda

Laudo consta que modelo
 pode ter sido ferido por uma arma branca antes da queda

Laudo consta que modelo pode ter sido ferido por uma arma branca antes da queda

Reprodução/Record TV

O Balanço Geral traz detalhes do caso do modelo Suede de Oliveira, de 44 anos, que morreu ao cair do mezanino de uma boate, que ficava no terceiro andar de um prédio, na Lapa, no centro do Rio de Janeiro.

Segundo laudo obtido pela família, a vítima pode ter sido ferida por uma arma branca antes da queda.

O atestado de óbito do rapaz consta que a causa da morte foi traumatismo craniano e hemorragia abdominal. Porém, segundo relatório médico, o modelo, antes de cair, foi atingido por um objeto cortante no abdômen.

A notícia deixou a mãe de Suede muito abalada. “É complicado, você saber que seu filho falece alegando um acidente, e quando você vai buscar o atestado médico, tem essa possibilidade. Pode não ter sido a causa da morte, mas ela pode ter contribuído para que ele tenha falecido” relatou Ednalda de Oliveira.

A Polícia Civil disse que ainda não teve acesso ao documento e aguarda o lado do IML para prosseguir com o caso. O advogado Julio César Mendes aguarda uma resposta. “A gente espera, pelo menos, uma explicação mais contundente acerca desses novos fatos”, relatou.

O Balanço Geral vai ao ar de segunda a sexta, às 11h50; e aos sábados, 13h, na tela da Record TV.

Últimas