Balanço Geral Bombeiro que matou ciclista atropelado deixou esposa paraplégica em outro acidente

Bombeiro que matou ciclista atropelado deixou esposa paraplégica em outro acidente

O capitão do Corpo de Bombeiros João Maurício Correia Passos, de 35 anos, foi indiciado por homicídio depois de atropelar e matar um ciclista no Rio de Janeiro. Ele estaria embriagado ao volante no momento do acidente e fugiu do local sem prestar socorro. Imagens de câmeras de segurança de um posto de gasolina flagraram o bombeiro comprando bebidas pouco antes do atropelamento. A esposa dele ficou paraplégica em outro acidente de carro provocado pelo capitão, que dirigia embriagado.

Últimas