Caso Daniel: mulher que promoveu almoço após morte de jogador é presa com drogas

Evellyn Brisola, uma das mulheres envolvidas no caso do assassinato do jogador Daniel durante uma festa em Curitiba (PR), acaba de ser presa com três quilos de maconha. Ela é amiga da Allana Brittes, filha do homem acusado de cometer o assassinato, e teria promovido um almoço para a família Brittes no dia seguinte à morte da vítima. Segundo as investigações, a suspeita também ajudou a limpar a casa onde aconteceu o crime.