Balanço Geral Caso Juliano: advogado é principal suspeito de mandar matar o próprio amigo

Caso Juliano: advogado é principal suspeito de mandar matar o próprio amigo

O advogado e empresário Juliano, de 37 anos, desapareceu no início de 2020 e meses depois foi encontrado morto. Desde então, a polícia seguiu investigando o crime e chegou no nome de um suspeito que teria mandado matar o advogado: Tiago Fonseca Carvalho, um dos melhores amigos da vítima. A motivação do crime seria 
"queima de arquivo". Acompanhe.

Últimas