Balanço Geral Caso Miguel: sangue em camiseta aponta que menino foi agredido antes de morrer

Caso Miguel: sangue em camiseta aponta que menino foi agredido antes de morrer

A perícia confirmou que o sangue encontrado na roupa e em uma corrente de metal é de Miguel

As buscas pelo corpo do pequeno Miguel, de apenas sete anos, completam 16 dias e, até agora, não há pistas do local onde o corpo do garoto possa estar. Mas um novo elemento aponta que o menino foi agredido antes de morrer. A perícia confirmou que o sangue encontrado em uma camiseta, recolhida na casa onde a família vivia, é de Miguel. A investigação também descobriu que, na noite do crime, a mãe de Miguel pesquisou na internet se a água do mar apagaria as impressões digitais do garoto. Acompanhe a reportagem!

Últimas