Caso Vitória: acusado de matar menina é condenado a 34 anos de prisão  

O ajudante de pedreiro Júlio César Ergesse foi condenado a 34 anos pelo sequestro e morte da menina Vitória Gabrielly. O julgamento aconteceu menos de um ano e meio depois do crime, que aconteceu em junho do ano passado. A Justiça entendeu que vitória foi morta por engano, em um assassinato encomendado para acertar contas do tráfico de drogas. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com