Balanço Geral Comissária de bordo perde guarda do filho de 10 meses por trabalhar demais

Comissária de bordo perde guarda do filho de 10 meses por trabalhar demais

A comissária acredita que está sendo vítima de preconceito por conta do trabalho

Uma comissária de bordo perdeu a guarda do filho por trabalhar demais. De acordo com decisão da justiça, Josiane, de 29 anos, perdeu a guarda do filho, de dez meses, por ter uma vida profissional "delicada". Hoje, a guarda provisória está com o pai da criança. Segundo Josiane, o juiz determinou que ela pode ver o filho apenas três horas por dia e em finais de semana alternados.

Últimas