Balanço Geral Criança com atrofia corre contra o tempo por remédio de R$ 12 milhões

Criança com atrofia corre contra o tempo por remédio de R$ 12 milhões

O pequeno Gui Martini luta contra o tempo para conseguir o medicamento mais caro do mundo, que custa R$ 12 milhoes. É que ele está prestes a completar dois anos de vida, tempo máximo para que o remédio para sua doença, a Artrofia Muscular Espinhal, seja administrado antes que os movimentos do corpo sejam comprometidos. Acompanhe essa história na reportagem de Tom Bueno!

Últimas