Dentista manda matar o marido para ficar com dinheiro do seguro de vida

Uma mulher foi presa acusada de ser a mandante da morte do marido. Além de homicídio, Karina é responde também por ocultação de cadáver. Wagner, o marido, era funcionário de uma multinacional, responsável por toda a América Latina, e estava casado com Karina há mais de 20 anos. O acusado pela execução do crime, Anderson, conhecido como "Thor", também teve a prisão temporária decretada, mas está foragido. As investigações apontam que Karina planejou o crime para receber o dinheiro do seguro de vida e da indenização pela morte do marido, que totalizam cerca de R$ 200 mil. Anderson teria recebido aproximadamente R$ 10 mil pela execução. Para assistir ao Balanço Geral SP na íntegra, acesse o PlayPlus.com