Dono de padaria é morto por vizinho por causa de barulho de equipamentos 

O comerciante Luiz Seneme, de 58 anos, foi morto a tiros na garagem de sua casa em Rio Claro, no interior de São Paulo. O suspeito dos disparos é Milton Junior, vizinho da vítima, que está foragido. Ele teria cometido o crime depois de ficar incomodado com o barulho da padaria do homem, na ativa há mais de 40 anos. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com