Escrivão da polícia é investigado por assediar mulheres em delegacia de SP

Ricardo Carvalho de Moura, de 37 anos, foi denunciado por pelo menos quatro mulheres, que afirmam ter sido assediadas pelo homem dentro da delegacia onde ele trabalhava em Guarujá, no litoral de São Paulo. Uma delas disse que foi agarrada pelo escrivão e obrigada a passar a mão nas partes íntimas dele. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com