Ex-sócio mata empresário por patrimônio de R$ 2 milhões

Um ano depois do início das investigações, a polícia prendeu o homem suspeito de mandar matar "João do Gás", que tinha uma construtora e um patrimônio avaliado em R$ 2 milhões. Josenildo, ex-parceiro de negócios da vítima, foi descoberto graças a impressões digitais encontradas em panfletos no local do crime e da quebra de sigilo telefônico do suspeito contratado para executar o empresário. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse o PlayPlus.com