Balanço Geral Grávida mata o marido durante agressão e alega legítima defesa

Grávida mata o marido durante agressão e alega legítima defesa

Grávida de oito meses, Julia, de 19 anos, foi indiciada pelo assassinato do marido em Carapicuíba, Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com a jovem, ela estava sendo agredida pela vítima no momento em que pegou uma faca, mas afirmou à polícia que estava de olhos fechados e não sabe se esfaqueou o William, de 23 anos, ou se ele se jogou contra a faca. O delegado entendeu que Julia agiu em legítima defesa, já que ela apresentava ferimentos.

Últimas