Balanço Geral Homem libertado após décadas preso por chacina de família é assassinado

Homem libertado após décadas preso por chacina de família é assassinado

Adélcio Leite, condenado a 229 anos de prisão por comandar a morte de sete pessoas da mesma família em 1990, ficou 18 anos preso pela chacina que ficou conhecida como “Malacacheta”. Depois de ser beneficiado por um secreto que concede a presidiários perdão da pena, ele foi assassinado no momento em que saía de uma barbearia em Lagoa Santa, Região Metropolitana de Minas Gerais. A Polícia Civil investiga se a morte do homem tem ligação com o crime ao qual ele foi condenado. 

Últimas