Homem se nega a entregar celular para bandido e é morto no segundo dia de trabalho

Arnaldo Novaes de Oliveira, de 48 anos, estava no segundo dia de trabalho em São Vicente, no litoral paulista, quando foi morto por bandidos, que queriam o celular da vítima. Ao se recusar a entregar o aparelho, os criminosos atiraram no homem e fugiram.