Homem se recusa a usar máscara, ofende atendente e “quebra” sorveteria

Um homem se revoltou só porque a comerciante pediu para que ele usasse a máscara de forma correta. Ele então começou a xingar e a ameaçar a mulher, aos berros. Depois, ainda quebrou uma cadeira e um cone. Um outro cliente ficou assustado com o que estava acontecendo e gravou a confusão. O Balanço Geral SP entrou em contato e conversou com a comerciante. Ela está apavorada e não consegue voltar à sorveteria.