Balanço Geral Homem suspeito de matar engenheiro americano em SP diz que não foi executor do crime 

Homem suspeito de matar engenheiro americano em SP diz que não foi executor do crime 

No novo depoimento à polícia, ele ainda mudou de postura e pediu desculpas à mãe da vítima 

Em novo depoimento à polícia, o suspeito de matar um engenheiro que vivia nos Estados Unidos no interior de São Paulo disse que participou do crime, mas que não foi o executor. Segundo o suspeito, outra pessoa estava com ele e a vítima no apartamento alugado. Além disso, o suspeito mudou de postura e pediu desculpas à mãe da vítima.

Últimas