Balanço Geral Hospital é obrigado a indenizar mãe por ter atestado morte de bebê sem revelar a causa

Hospital é obrigado a indenizar mãe por ter atestado morte de bebê sem revelar a causa

A família ainda acredita que a criança, hoje uma mulher com 60 anos, ainda esteja viva

Um hospital foi condenado a pagar uma indenização de R$ 20 mil a uma família, em Patos de Minas (MG). Há 60 anos, a mãe que havia dado à luz a uma menina, foi informada que a bebê havia nascido morta, mas ninguém viu o corpo da recém-nascida ou esclareceu as causas da suposta morte. A família ainda acredita que a criança, hoje uma mulher com 60 anos, ainda esteja viva.

Últimas