Minha Aposentadoria

Balanço Geral INSS agenda perícia presencial para mulher morta e família diz que levará as cinzas

INSS agenda perícia presencial para mulher morta e família diz que levará as cinzas

A família de Juliana de Brito Marzinkovski, de 35 anos, tem direito ao auxílio-doença da farmacêutica

Acompanhe o drama da família de Juliana de Brito Marzinkovski, farmacêutica de 35 anos, que perdeu a batalha para a Covid-19 após passar 69 dias internada na UTI. A mulher tinha direito à aposentadoria e ao auxílio-doença pelo tempo que passou internada sem poder trabalhar. Enquanto ela lutava pela vida no hospital, sua família enfrentava uma batalha com o INSS. Após a morte de Juliana, os familiares encaminharam à entidade a documentação que atesta o óbito, mas, mesmo assim, uma perícia médica presencial foi marcada para a farmacêutica.

Últimas