Balanço Geral Jornalista conta casos inéditos de Belchior, quatro anos após a morte do cantor

Jornalista conta casos inéditos de Belchior, quatro anos após a morte do cantor

Cantor morava de favor na casa de fã, mas foi expulso após matéria da revista Época

Belchior e a mulher dele, a Edna Prometheu, estavam morando há dois meses de favor na casa de um fã. Esse fã iria viajar para Europa e deixar a filha com o cantor, mas por causa de uma matéria da revista Época, que revelava que Belchior estava fugindo da polícia, o fã resolveu expulsá-lo de casa e o cantor teve que passar a noite de Natal ao relento. O repórter responsável pela matéria, é um dos autores do livro: "Viver é Melhor que Sonhar - Os Últimos Caminhos de Belchior", que conta a trajetória de Belchior até o exilio. Ele disse que se arrependeu pelo que escreveu na época: "escrevi sem pensar nele. Pensei num tipo de sucesso que a matéria poderia fazer. Quando a gente é jovem, vai pisando nas coisas”, contou o jornalista.

Últimas